Fonte: Medcenter Medical News

A azilsartana medoxomila é um bloqueador dos receptores da angiotensina (ARB) que está sendo desenvolvido para o tratamento da hipertensão. Para comparar este ARB com os outros desta classe, nós estudamos os efeitos de 2 doses de azilsartana medoxomil, com valsartana 320 mg e olmesartana medoxomil (olmesartana) 40 mg, em um estudo duplo-cego, placebo-controlado, randomizado, utilizando um monitoramento da pressão arterial (PA) ambulatorial e medidas da PA clínica. O endpoint primário de eficácia foi a mudança da linha de base na média da PA sistólica em 24 horas.

Os testes de análise hierárquica para a superioridade em relação ao placebo foram seguidos por análise de não inferioridade e depois por testes de superioridade da azilsartana medoxomil (80 mg e 40 mg) versus o comparador ARBs. Para 1291 pacientes randomizados, com idade média de 56 anos, 54% eram homens e a linha de base da PA sistólica média em 24 horas foi de 145 mmHg. A azilsartana medoxomil em dosagem de 80 mg teve eficácia superior ao valsartana de 320 mg e ao olmesartana 40 mg: a PA sistólica, ajustada ao placebo, de 24 horas foi reduzida (-14,3 mm Hg), mais do que os 320 mg de valsartana (-10,0 mm Hg, P <0,001) e as 40 mg de olmesartana (-11,7 mm Hg, P = 0,009). A azilsartana medoxomil a 40 mg não foi inferior a 40 mg de olmesartana (diferença: -1,4 mm Hg [IC 95%: -3,3 a 0,5]). Para a PA sistólica clínica, ambas as doses de azilsartana medoxomil foram superiores ao comparador ARBs. A segurança e a tolerabilidade foram semelhantes entre o placebo e os quatro tratamentos ativos.

Estes dados demonstram que o azilsartana medoxomil, na sua dose máxima, tem uma eficácia superior tanto ao olmesartana quanto ao valsartana nas suas doses máximas aprovadas, sem aumentar os efeitos adversos. A azilsartana medoxomil poderia fornecer maiores taxas de controle da hipertensão arterial dentro da classe ARB.